O que é o SPO?

O Serviço de Psicologia e Orientação é uma estrutura especializada de orientação e apoio educativo, integrada na rede escolar, criada para acompanhar os alunos ao longo do seu percurso escolar, desenvolvendo, por isso, a sua ação em todos os níveis de ensino.
Visa contribuir para a integração escolar e social dos alunos e facilitar a sua transição para a vida ativa, através da criação, desenvolvimento e gestão do seu projeto de vida.
Para o mesmo fim, o SPO articula com as diferentes estruturas de orientação educativa do Agrupamento e com outros serviços locais de modo a promover condições que contribuam para o sucesso escolar e para uma melhoria da qualidade da educação.

Quem pode recorrer ao SPO?

O Serviço de Psicologia e Orientação dirige a sua atuação a toda a comunidade educativa: alunos, professores, pais e encarregados de educação e pessoal não docente.

Como aceder ao SPO?

Através de contacto telefónico (Escola Secundária de Airães: 255 490 260)
Por articulação com o Diretor de Turma ou Professor Titular de Turma
Por e-mail: Psicóloga Martina Ribeiro martineribeiro@aeairaes.pt; Psicóloga Sara Nogueira saranogueira@aeairaes.pt
Pessoalmente, no horário de funcionamento do SPO

Para atendimento, agradece-se que faça marcação prévia, por telefone ou e-mail.
O pedido de encaminhamento para os Serviços de Psicologia e Orientação pode ser feito através do conselho de turma/diretor de turma, por um elemento da direção da escola, pelos próprios alunos, pelo pessoal não docente, pelos pais ou encarregados de educação, através do preenchimento da Ficha de Encaminhamento, acompanhada da Declaração de Autorização do Encarregado de Educação. Devem ser anexados todos os documentos que contribuam para a clarificação da situação do(a) aluno(a).

Orientação Escolar e Profissional

Em que consiste o processo de orientação escolar e profissional? Hiperligação ao documento
Processo de Orientação Vocacional e Profissional

Cursos cientifico-humanísticos e respetivas saídas profissionais:
• Ciências e Tecnologias
• Ciências Socioeconómicas
• Línguas e Humanidades
• Artes Visuais
Cursos cientifico-humanísticos


Cursos Profissionais
Cursos profissionais

Informação para pais e encarregados de educação
Ação para pais e EE – 2019

Documentos
Horário de funcionamento – ano letivo 2019/2020
Ficha de encaminhamento
Documento de autorização do Encarregado de Educação

Quais são as competências do SPO?

O Serviço de Psicologia e Orientação desenvolve diferentes modalidades de intervenção, tendo em conta a população-alvo, os objetivos (preventivos, remediativos e promocionais) e o tipo de intervenção (direta com o aluno ou indireta através dos agentes educativos).
Estes serviços desenvolvem a sua intervenção a três níveis:
Apoio Psicológico e Psicopedagógico
Orientação Escolar e Profissional
Apoio ao desenvolvimento do Sistema de Relações da Comunidade Educativa
São atribuições dos Serviços:
Contribuir para o desenvolvimento integral dos alunos e para a construção da sua identidade pessoal;
Apoiar os alunos no seu processo de aprendizagem e de integração no sistema de relações interpessoais da comunidade escolar;
Prestar apoio de natureza psicológica e psicopedagógica a alunos, professores, pais e encarregados de educação, no contexto das atividades educativas, tendo em vista o sucesso escolar, a efetiva igualdade de oportunidades e a adequação das respostas educativas:
Avaliação de alunos com problemáticas específicas (ao nível emocional, cognitivo, comportamental);
Acompanhamento individual ou em pequeno grupo de alunos sinalizados, tendo em vista a promoção de competências especificas conducentes ao sucesso educativo;
Consultoria e atendimento a docentes, encarregados de educação e outros técnicos.
Colaborar com a Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva (EMAEI):
Avaliação de alunos com recurso a instrumentos formais de avaliação psicológica;
Colaboração na tomada de decisão relativa ás medidas de apoio à educação inclusiva a implementar para cada aluno referenciado;
Participação na elaboração dos Relatórios Técnico Pedagógicos (RTP), Programas Educativos Individuais (PEI) e dos Planos Individuais de Transição (PIT).
Contribuir, em conjunto com as atividades no âmbito das áreas curriculares, dos complementos educativos e das outras componentes educativos não escolares, para a identificação dos interesses e aptidões dos alunos de acordo com o desenvolvimento global e nível etário;
Promover atividades específicas de informação, aconselhamento e orientação escolar e/ou profissional, suscetíveis de ajudar os alunos a situarem-se perante as oportunidades disponíveis, tanto no domínio dos estudos e formações como no das atividades profissionais, favorecendo a indispensável articulação entre a escola e o mercado de trabalho;
Desenvolver ações de aconselhamento psicossocial e vocacional dos alunos, apoiando o processo de escolha e o planeamento de carreiras;
Desenvolvimento de ações de sensibilização e informação dirigidas a toda a comunidade educativa (alunos, pais, encarregados de educação, professores, assistentes operacionais,…).
Na sua prática, os profissionais dos Serviços de Psicologia e Orientação respeitam as normas éticas e deontológicas inerentes às suas funções e estabelecidas pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, nomeadamente, a salvaguarda da privacidade dos alunos e das suas famílias, do seu melhor interesse e o respeito pelas decisões dos alunos e suas famílias.

Quais são os princípios orientadores do SPO?

O Serviço de Psicologia e Orientação pauta-se pelos princípios do modelo psicoeducacional:
Ecológico, intervindo no contexto em que o aluno está inserido;
Sistémico, envolvendo as pessoas de referência do aluno;
Preventivo (e não remediativo), intervindo o mais precocemente possível.

Que recursos humanos tem o SPO?

No ano letivo 2019/2020 o Agrupamento de Escolas de Airães dispõe de um Serviço de Psicologia e Orientação sediado na Escola Secundária de Airães. Tem um horário de funcionamento de 18 horas semanais, assegurado por duas psicólogas, que respondem às necessidades de toda a comunidade educativa, fazendo a articulação entre as várias escolas do Agrupamento.
Estas técnicas constituem um recurso para “a concretização dos desafios da Estratégia 2020, no que respeita à melhoria do sucesso educativo, à redução do abandono escolar precoce, à atratividade do ensino profissional e à melhoria do ajustamento entre as competências dos jovens e as necessidades do mercado de trabalho” (DGE).